Olha, vou ser sincera, esses posts no formato agenda são pra eu tomar vergonha e tentar cumprir metade da programação cultural que eu me proponho em sampa city. Setembro tá uma uva tá um mel pra quem é da paixão das artes, e nada mais justo que dividir com vocês o que tá rolando:

A trigésima edição da Bienal tá linda. No aquecimento: o canal do evento no youtube traz depoimentos de artistas durante a montagem de suas obras.

No Itaú Cultural tem a mostra O Artista, que traz um paralelo entre cinema e artes plásticas. E tem também a retrospectiva da musa Lygia Clark

Tem espaço novo na cidade: a galeria/projeto Pivô, no Copan. E vai ter muita coisa bacana rolando por lá, como essa expo da Galeria Emma Thomas.

Eu ainda não fui ver Méliès no MIS (fuéééén).

Tem expo nova no Museu Afro Brasil. Aproveita o embalo da Bienal – ou do feriadão de rolé no parque.

Achei MUITO bacanilda essa iniciativa do Movimento Artístico de Ocupação Urbana. Vou dar um confere, arte democrática é sempre bom.

Jac Leirner foi uma paixão à primeira vista. Minha ex-editora me mostrou e eu vi de perto na Pinacoteca, um encanto. Na Fortes Vilaça tá rolando expo dela.

Na Leme, tem coisas legais demais. Como Outras Coisas Visíveis Sobre Papel.