Quem passa volta e meia por aqui já percebeu meu amor pelo analógico. Não que eu seja um super fotógrafa, mas isso não diminui a paixão, rs.

Tudo começou quando eu era pequenina, meu tio Aniceto fazia cada foto da família que deixava todo mundo emocionado. Sério, acho que minha família tem o acervo de fotos mais incrível do Rio de Janeiro – não é à toa que a gente tem vontade de editar um livro com todas elas ♥ E eu só pensava que aquelas imagens lindas saiam daquela máquina preta e prateada, pesada, e daquela coleção de filmes kodak e fuji que ele tinha. E a ansiedade da família toda esperando o próximo encontro pra ver as fotos? Foi uma época mágica….

Justificativa realizada vamos ao projeto lindo que eu descobri ontem no feed da Toy Camera (aquele paraíso que eu falei aqui): Queimando o Filme.

O blog funciona como uma casinha pra todo mundo que se dedica à fotografia analógica no Brasil. Eles promovem workshops em diversas cidades, tem endereços de laboratórios, lojinhas e lugares pra manutenção, posts bacanas cheios de dicas e etc. Um paraíso, enfim.

E a campanha “Quero Sua Câmera Velha!”, que tem os pôsteres que ilustram esse post, que legal? Tô aceitando doações.

A propósito, hoje tem lançamento da Beach Edition da La Sardina, na Lomography Gallery aqui em SP, quem vamos?