O make precisava de um lar (enquanto a penteadeira turquesa não vem). A coleção de revistas do século XX (presentaço do amado mestre Lula Rodrigues) também.

É que jájá faz um ano que eu trouxe mala e cuia pra SP (mas exatamente no dia 25/01) e eu prometi que antes deste aniversário a casa ia ter pelo menos a nossa cara. Assim, talvez as paredes não estejam pintadas com as cores do arco-íris e nem tenha uma obra do David Choe, Catalina Ortiz ou dos Osgemeos na parede, mas quando a gente dá o pontapé inicial as coisas fluem com mais graça, né?

O próximo passo é o desapego…ixe, não quero nem ver no que vai dar…